BLOG

This is some blog description about this site

Dicas para uma Páscoa sem culpa

Assim que aparecem os ovos e as amêndoas de chocolate nos supermercados começa a questionar a sua capacidade de autocontrolo alimentar?

Aqui ficam umas dicas para sobreviver a este período de excesso sem sentir culpa.

 

1. Relaxe

É normal sentir uma pressão extra para consumir produtos alimentares menos saudáveis na Páscoa. A boa notícia é que mesmo numa alimentação saudável há espaço para pequenos excessos. 

 

2. Planeie 

Inicie a época festiva planeando que quantidade de chocolate se irá permitir consumir e que seja suficiente para apreciar este período.

Opte por pensamentos que ajudem a atingir os seus objetivos. Evite a ideia do “tudo ou nada”, afinal o segredo está na moderação. 

Se comer em excesso um dia, não se sinta culpado e equilibre com uma alimentação mais saudável nos dias seguintes.

 

3. Opte por qualidade e não por quantidade

Já lhe aconteceu comer um chocolate ou um doce que nem lhe soube bem, mas acabou por comer? Isso é o que se costuma chamar um “desperdício de calorias”.

Escolha um produto de qualidade, que irá de facto apreciar, e evite os outros.

 

4. Compre produtos pequenos em pequenas quantidades

Se lhe costumam oferecer chocolates e amêndoas, o ideal seria não comprar para não cair em tentação de consumir em excesso.

Caso decida comprar, opte por unidades mais pequenas, por exemplo, ovinhos de chocolate em vez de bombons grandes, e compre em pouca quantidade. 

 

5. Opte por chocolate negro

O chocolate que se encontra geralmente à venda nestas alturas é o chocolate de leite. Este possui alto teor de açúcar e gorduras, e não traz nenhuns benefícios para a saúde. Opte pelo chocolate negro (mais de 70% de cacau) pois é rico em antioxidantes e minerais como ferro, magnésio e cobre.

 

6. Limite o consumo de produtos típicos da Páscoa, como ovos e amêndoas de chocolate, à época da Páscoa

Estipule os dias em que se vai permitir consumir estes produtos e cumpra.

Evite consumir estes produtos alimentares assim que aparecem nas prateleiras do supermercado e cesse a sua ingestão após as festividades. 

 

7. Tenha consciência da quantidade que come

A melhor forma de assegurar que não se come em excesso é mantendo um diário alimentar. Assinale quantas porções de chocolate e outros produtos consumiu por dia.

Em medidas práticas, a porção de chocolate recomendada é aproximadamente o tamanho do seu dedo indicador.

 

8. Combine a ingestão de chocolate com alimentos ricos em fibra

A fibra alimentar ajuda a reduzir a absorção de açúcar e gordura, para além de trazer outros benefícios para a saúde. 

Combine a ingestão de chocolate, com teor de açúcar e gordura geralmente elevado, com alimentos com alto teor de fibra, como fruta, hortícolas ou cereais integrais (massa, arroz, pão integral) 

Sugestão: guarde o chocolate para comer como sobremesa.

 

9. Partilhe 

Partilhe o chocolate com a família, amigos ou colegas de trabalho. 

Para além de ser um gesto bonito, reduz a probabilidade de você acabar por comer em excesso.

 

10. Esconda os restos

Se terminou a Páscoa e ainda tem quantidades excessivas de chocolates e outros produtos em sua posse, esconda-os no fundo de um armário e esqueça que estão lá. 

 

Por último mas não menos importante:

11. Aumente o nível de atividade física

Se aumenta a ingestão calórica deve aumentar a “queima” destas calorias.

 

 

Curiosidade 

Alguma vez se questionou porquê que a Páscoa ficou associada a ovos de chocolate?

 

Vamos analisar os “ingredientes”.

Ovos - Tradicionalmente simbolizam a vida, nascimento e ressurreição. 

Páscoa - festividade religiosa representando a ressurreição de Jesus Cristo

Até aqui parece tudo bater certo. 

 

Então de onde vem o chocolate?

Sabe-se, através dos livros de história, que reis ingleses presenteavam a realeza e seus súditos com ovos banhados em ouro ou decorados com pedras preciosas. Foi aliás, como surgiram os Ovos Fabergé.

No século XVIII, confeiteiros franceses tiveram a ideia de rechear os ovos com chocolate, e a partir do século XIX, a tradição dos ovos de chocolate tomou conta da comemoração da Páscoa.

 

Artigos Relacionados

Contacte-nos

Contacte a Fit2Eat e aprenda a melhorar a sua qualidade de vida

JSN Medis template designed by JoomlaShine.com